quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Quero ouvir de você




Quero ouvir de você as verdades mais descabidas. Quero ouvir de você as mentiras que nos servem também. Quero ouvir de você os caprichos e os dramas que mais nos unem em um só amor. Quero ouvir de você a canção mais brega e simples, aquela canção que mais lembra você. Quero ouvir de você os seus olhos de menina nervosa e de mulher mais doce. Quero ouvir de você os seus sonhos mais lindos e os pesadelos mais tristes, para que neste você devore o meu colo. Quero ouvir de você as ausências mais sentidas e todos os momentos de minha companhia única e a mais sublime. Quero ouvir de você os passos que me dão o maior susto de tantas alegrias. Quero ouvir de você o mais quente inverno e o verão rodeado de folhas secas. Quero ouvir de você as vaidades, as mais graciosas vaidades. Quero ouvir de você o seu ponto fraco que me aponta o rumo. Quero ouvir de você a dança mais bela dos seus cabelos quando assoprados pelo vento. Quero ouvir de você o seu cheiro mais natural e mais feminino. Quero ouvir de você o barquinho de papel que nos levou tão longe. Quero ouvir de você a poesia tão simples e tão nós dois. Quero ouvir de você o seu "meu bem" das palavras mais doces. Quero ouvir de você as nossas mãos dadas que apontam lá pra detrás do céu. Quero ouvir de você o seu primeiro e eterno beijo, o beijo mais rápido e o mais demorado, o beijo único que é todo seu. Quero ouvir de você as brincadeiras mais infantis e as mais puras. Quero ouvir de você aquele momento mais devagar de coração mais acelerado. Quero ouvir de você o seu jeito mais carinhoso de menina feliz. Quero ouvir de você o nosso ensurdecedor silêncio naquela madrugada de paz. 






Comentários.

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial