terça-feira, 31 de maio de 2011

Passeio masculino





Transitam deslumbradas. Não fazem cara feia. Sentem-se como se deitadas no sofá de casa. Seus olhos enxergam feito olhos de águia, não perdendo um só movimento. Tornam-se poderosas e complacentes na mesma proporção.

Conversam entre si, exibindo e analisando seus novos pertences. Algumas apenas andam por andar, e passam diversas vezes à minha frente. Desfilam suas bolsas e seus filhos. Aguardam sem um ai de reclamação. Passeiam sorridentes, ora apressadas pra não perder a sessão de cinema. Tornam-se suscetíveis. Desabrocham. Afloram gentilezas.  Não querem saber de estresse, tampouco olham pro relógio. O tempo passa a não ter mais tempo.  

É lugar de amor de adolescência, de primeiro beijo, de primeiro passeio sem os pais.  

Apenas observo. Torno-me espectador da deslumbrante peça que nem ensaiada foi, tamanha sabença de sincronismo. 

Não fazem pouco da presença masculina. É lugar de olho no olho, de encontro, de acasos e de portas abertas. É faculdade masculina. O momento de decifrá-las sem a necessidade de mapas inintendíveis. Não estão em si. Encontram-se hipnotizadas. É a hora de pegar o atalho, de dar o pulo do gato. Os risos são mais fáceis. A vitrine torna-se seu espelho e seus olhos as refletem em mim, despindo suas carências.
.
Os homens pecam quando fazem careta ao acompanhá-las. Preferem bater o ponto e sair logo após. Passam a ser malcriados quando fazem pouco de suas companhias. Negam o passado. Não entendem. Dizem ser desnecessário. Jamais compreenderão tão aguçado faro. Algo quase que instintivo. Pobre deles. 

Comigo não. Aguardarei feito Buda. Carregarei suas bolsas sem medo de olhares atravessados e cochichos maldosos. Estarei blindado, pois elas me abrirão sorrisos. As mulheres sentirão ciúmes  daquela  que tem um homem que carrega suas bolsas. Desfilará orgulhosa. É o passo a frente dos demais. Um certeiro contra-golpe. 

Despacharão ternuras com a devida recompensa. E é a mulher quem entende de recompensas. 

Não compreendo como o homem rejeita um passeio no shopping.







Comentários

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial